Paço Prefeito Djalma Castanheira

por Câmara de Indiaporã última modificação 19/01/2018 08h14
Paço Prefeito Djalma Castanheira, na cidade de Indiaporã, foi denominado pelo Projeto de Lei Nº 24/2007, de autoria do vereador José Aparecido Tiago Borges - Lei 216/2007 Indiaporã SP 21/09/2007

===========================================================================================

Lei 216/2007 Indiaporã SP 21/09/2007 - Paço Prefeito Djalma Castanheira

===========================================================================================

India Bonita

DJALMA CASTANHEIRA, nasceu dia 29/03/1918, em Campo Florido-MG.

          Falecimento:     /       /         com  _______ anos de idade.

          Djalma Castanheira foi casado com a senhora Maria (apelido de Preta). Dona Preta era filha do senhor Juvenal Antônio da Silveira, vulgo Juvenal Basílio. O senhor Juvenal mudou-se para Indianópolis em 24/06/1947 e distribui seus 1.000 alqueires de terras entre seus 06 filhos.

          Desta união nasceram os filhos Marco Antônio Castanheira e Antônio Carlos Castanheira.

         Com 29 anos de idade, no ano de 1947, mudou-se para Indiaporã, quando ainda era distrito de Fernandópolis. Aqui instalou-se como fazendeiro por opção.

         Político por vocação, foi vereador em Fernandópolis, representando o Distrito de Indiaporã no ano de 1951 a 1954. Passou a viver por essa comunidade, a lutar por ela e pelos anseios de seu povo.

        Com a emancipação política de Indiaporã em 1953, surgiu a oportunidade e então foi candidato à prefeito nas eleições realizadas dia 02 de outubro de 1954, saindo do pleito eleito como o primeiro prefeito do município.

        Djalma Castanheira, como prefeito de Indiaporã na gestão de 1955 à 1958 teve muita luta mas coroada de êxitos, tais como:

  • instalação da prefeitura municipal;
  • instalação da coletoria;
  • delegacia de polícia;
  • agência dos correios;
  • criação do grupo escolar Othaydes Luiz Arantes;
  • luz elétrica;
  • campo de aviação.

       

        Seus feitos em quatro anos foram tão relevantes que mudaram completamente a vida da cidade e do seu povo.

        A importância política de Djalma Castanheira foi demonstrada pelo fato de ter sido eleito vereador para o mandato 1959/1962, logo após ser Prefeito. Foi presidente da Câmara Municipal de Indiaporã por 3 vezes (1959-1960-1961), mas não terminou o mandato de vereador, vindo a renunciar ao cargo tempos depois.

       Retirou-se da política para dedicar-se a agropecuária. Fazia-se sempre presente nos diversos eventos sociais da comunidade e além de contribuir e doar prendas.              

   =====================================================================

               Dedicou-se mais à pecuária, criação e engorda de porcos, em que se deu muito bem.

               Certa vez, inventou de plantar uma lavoura de café, mas desanimou logo, pois era muito trabalhoso e dava pouco rendimento financeiro. Arrancou tudo e devolveu à terra o capim colonião.

               Até hoje, aos 79 anos de idade, ele é um homem ativo, mora em São José do Rio Preto, mas mantém sua propriedade em Indiaporã, dirige seu próprio carro e seus negócios, participa de quase todas as solenidades do município e mantém até hoje, sua conta corrente em um dos bancos de nossa cidade.

=====================================================================

Texto extraído do Livro Memórias de Indiaporã, Editora Ferjal 2000, Adelino Francisco do Nascimento, páginas 88 e 89.

=======================================================================

===========================================================================================

PROJETO DE LEI Nº 24/2007.

Dá denominação ao Paço Municipal de Indiaporã.

Art. 1º  O Paço Municipal de Indiaporã, denominar-se-á “PREFEITO DJALMA CASTANHEIRA”.

Art. 2º  Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º  Revogam-se as disposições contrárias.

Indiaporã, 30 de Agosto de 2007.

JOSÉ AP. TIAGO BORGES JÚNIOR - Vereador – P.S.D.B.