Rua Manoel Urquisa Nogueira

por Câmara de Indiaporã última modificação 31/10/2017 16h45
Rua Manoel Urquisa Nogueira, na cidade Indiaporã SP, passou a ser a nova denominação da antiga Rua São Paulo, conforme a Lei 4/1967 Indiaporã SP 15/05/1967

===========================================================================================

 Lei 4/1967 Indiaporã SP 15/05/1967 - Rua Manoel Urquisa Nogueira

===========================================================================================

 

Rua Oswaldo Vieira de Queiroz em Indiaporã-SP

MANOEL URQUIZA NOGUEIRA (Néca Urquiza)

               O senhor Manoel Urquiza Nogueira, vulgo, Neca Urquiza, era casado com a senhora Merandulina Mariana Marques, e conceberam 3 filhos: Dioraci, José e Lourdes.

               Dona Merandulina faleceu em 1935, em Paulo de Faria.

               Viúvo, ele se casou com dona Laurinda Maria de Jesus, e o casal teve os filhos Ranulfa, Valdete e Antonio.

               Comprou uma propriedade de 365 alqueires de terras do senhor Valério da Costa, outra do senhor Américo Nunes e uma terceira do senhor Vicente Baptista, sendo que das duas últimas aquisições não temos informações sobre a quantidade de terras, só nos foi informado que todas as terras estavam localizadas na margem esquerda do ribeirão Água Vermelha, abrangendo também o antigo patrimônio de Itaporã.

               O senhor Neca Urquiza veio juntamente com sua família em 1938, sendo utilizado como meio de transporte da mudança o carro de bois.

               Era um homem muito entusiasmado, progressista e político, amigo de todos e tinha prazer de ser rico. O seu capital era evangelizado, pois não pensava só em si, preocupava-se também com os amigos e era ótimo conselheiro.

               Ajudou muitos amigos a fazer em suas independências financeiramente. Talvez tenha sido o homem que construiu o maior número de casa em Indiaporã e alugava a preços baixos, ou vendia fiado para a pessoa pagar quando pudesse.

               Construiu o prédio onde foi montado o primeiro cinema da cidade, prédio que foi alugado a um senhor de nome Abílio Jorge Armindo, um rapas de Álvares Florence, que possuía a aparelhagem e as cadeiras, mas não tinha recursos suficientes para construir o prédio. A aparelhagem do cinema era obsoleta e muito velha, por isso o cinema funcionou somente uma semana sob a direção do senhor Abílio e, sob a direção de seu filho José, apelidado de Nenen Urquiza, o cinema passou a funcionar com aparelhagem totalmente nova, além de um serviço de alto falante, que fez do Nenen Urquiza um grande locutor e que botou tudo a funcionar com alto requinte, realizando, assim, um grande sonho de nossa população. Talvez seja esse um dos maiores eventos que possa ter acontecido em nossa cidade, graças aos esforços de um homem que sempre soube amara Indiaporã.

               Posteriormente, o senhor Neca Urquiza vendeu toda a sua propriedade em Indiaporã para o senhor Pedro Cândido e comprou outra fazenda às margens do ribeirão Santa Rita, cujo lugar é denominado Sobradinho e, simultaneamente, adquiriu outras propriedades no Estado de Goiás, em Inhumas e as margens do ribeirão Crixás.

               Faleceu em São José do Rio Preto, no dia 21 de abril de 1967, aos 65 anos de idade e foi sepultado no cemitério de Indiaporã, onde seus restos mortais repousam no lugar certo, juntamente com os de seus amigos e parentes, e sua alma certamente está no céu, ao lado de “Deus”, por tudo o que ele fez, pela dedicação que teve e pelo bem estar que proporcionou a toda nossa comunidade.

               Indiaporã reverencia a sua memória, colocando o nome de Manoel Urquiza Nogueira em umas das principais ruas da cidade.

               Indiaporã, 23 de fevereiro de 1997.  

=======================================================================

Texto extraído do Livro Memórias de Indiaporã, Editora Ferjal 2000, Adelino Francisco do Nascimento, páginas 56 e 57.

=======================================================================

Data de Nascimento:  local: _____________

Pai: __________________________

Mãe:_________________________